O Problema do Proativo

Verbete: Proativo

Caso 1

“Meu chefe havia prometido à cliente o relatório para as 16:00, eu estava correndo e entregaria no prazo, mas a cliente me ligou e pediu algumas alterações e disse que a reunião dela havia sido adiada para as 19:00 então pediu que fosse entregue até as 18:30 e que falaria com meu chefe.

Tentei falar com o meu chefe mas ele não me atendia nem respondia minhas mensagens.

Por volta das 16:20 recebi uma mensagem do meu chefe perguntando sobre o relatorio. Respondi que ainda estava fazendo e ele pediu uma previa. Enviei uma previa e em seguida recebo o e-mail dele

‘Cara cliente, desculpe o atraso segue anexo o relatório pedido'”

Esse é um típico exemplo empresarial onde um “proativo” atrapalha outra pessoa. Na minha jornada profissional fui proativo e fui ajudado por proativos, mas muitas vezes também fui atrapalhado por isso também.

Em um “trabalho de escritório” principalmente em TI a importância de se respeitar as regras é muito grande, quando tratamos de coisas exatas como programas de computador é primordial a organização, planejamento e a adoção completa de Regras. É comum no meio que você avance alguma etapa do projeto por algum motivo especifico como reaproveitamento e isso não esta errado, mas o que mais vemos é o avanço imprudente de tarefas como construções antecipadas que só levam à retrabalho, atritos entre os profissionais e desgaste.

Durante alguns anos entrevistei dezenas de profissionais, em sua maioria programadores, e sempre ouvi a piada do Perfeccionista:

O entrevistador pergunta: “Qual é o seu maior defeito?”

O entrevistado querendo mostrar uma qualidade como defeito diz: “Eu sou muito perfeccionista”

Então o entrevistador responde: “Nessa vaga precisamos de pessoas que realizem as tarefas, sigam procedimentos, ajudem o time e avancem e não fiquem com preciosismo e se preocupando com detalhes bobos”

O “Perfeccionista” anda lado a lado com o “Proativo”. Ser proativo é vendido como se fosse uma coisa boa, e na maioria das vezes é sim mas o risco é muito grande para permitir a proatividade dentro de um ambiente controlado e de alta necessidade.

Caso 2

“Houveram problemas de pagamento na empresa devido a um problema no departamento financeiro, então um funcionário resolveu tomar para si o cargo de porta voz da equipe e foi até o RH, muniu-se de todos os mecanismos jurídicos necessários para colocar a empresa em Check então munido de muito ‘decidimos’, ‘nós’ e ‘para a equipe’ conseguiu que todos tivessem um acerto de correção em 10% do valor do salario atrasado. Isso fez o departamento financeiro notar que alguns amigos do Proativo estavam ganhando mais do que o normal pois estavam com muitas horas extras.

Foi convocada uma reunião que decidiu que o gerente estava sem controle da equipe e então o Gerente, dois analistas e o rapaz do financeiro foram demitidos.

O Proativo foi exposto como o negociador junto ao RH e perdeu o coleguismo e a confiança imediata de todos os companheiros da equipe, tornando a situação insustentável até que ele se demitisse dois meses depois.”

Entende que a mesma situação poderia ser resolvida de maneira mais ética e menos traumática?

Esse segundo caso exemplifica como a proatividade pode ser positiva e negativa ao mesmo tempo. Foi Negativa para a empresa em um primeiro momento pois causou um prejuízo que seria negociado com os funcionários, mas foi bom em seguida pois ela descobriu um desfalque desnecessário na mão de obra.

Já para o Proativo foi ao contrario, no inicio foi bom e ele se sentiu bem por que estava fazendo correto e ajudando a todos mas depois ficou marcado como traidor e acabou causando constrangimento para si mesmo.

Caso 3

“Anos atrás São Paulo, mais precisamente o Tatuapé, amanheceu com um muro de 1,5 metro na calçada bloqueando imediatamente a ciclovia ali construída a alguns anos.
O Muro sumiu no fim do dia sem maiores explicações. Mas informações divulgadas em redes sociais dizem que o muro foi feito por um pedreiro novato querendo mostrar serviço, e que se baseou em um documento incompleto para a construção”

Então, é importante saber que a proatividade deve estar diretamente ligada à competência desse assunto, no meio empresarial isso é claro. Portanto, antes de ser proativo no seu ambiente de trabalho, tenha certeza que você não vai atrapalhar, denegrir ou desmentir ninguém.